top of page

Uma viagem até o Padre Júlio Maria

Impressões do Padre Fundador Tarcísio e Irmão Luís Texto Laise Esteves (Ir. Maria Madalena)

Fotos Anísio Ferreira



Padre Júlio Maria é conhecido pelo seu amor a Igreja e seu fiel combate no Brasil, mesmo sendo Belga, o trabalho missionário o trouxe para nossa Terra. Desde a sua viagem, a chegada ao Brasil o choque cultural, tudo o levou a trazer para nossa terra esse amor constante e heroico que este grande Sacerdote trazia em sua alma por Cristo, pela Virgem Santíssima e pela Santa Igreja. Através da vida de oração, exemplos, ensinos e combate espiritual levou muitos brasileiros, sobretudo nortistas e mineiros a também crerem e crescerem na sua fidelidade a Cristo e verdadeiro amor à Santa Igreja. O Brasil nessa época, estava passando por uma enorme transformação. O povo ainda trazia os costumes pagãos, aprendidos por séculos pelos ancestrais indígenas e por outro lado o protestantismo avançada com ousadia entre o povo, ensinando um Cristianismo falsificado, onde o homem busca que Deus o honre, ao invés de honrá-lo e lhe dar a adoração devida. O combate de Padre Júlio Maria seria ainda acrescido duramente, contra a crescente Maçonaria, sobretudo sua influência na Monarquia que se afastava da Religião Católica.



Sua vida, obra e luta contra heresias , podem ser comparadas, sem medo algum, com a vida

Cíngulo usado por Padre Júlio Maria Lombaerde

de São Luís Maria Grignion de Monfort e

Santo Inácio, um grande teólogo, com devoção apaixonada pela Virgem Santíssima, não teve medo de combater os erros do protestantismo e da Maçonaria. Sua obra em Manhumirim, hoje, por causa da corrupção do modernismo dentro da Igreja Oficial, está calada. Um lugar que deveria ser encorajada à visitação, devoção, a imitação de seus atos e a difusão de suas obras, é pouco conhecido pelos Católicos. Uma devoção que deveria ser estabelecida e solidificada, pela sua luta contra os inimigos da Igreja que o modernismo tem trazido para dentro da mesma, a fim de arruinar o conhecimento da Doutrina, sobretudo nas gerações futuras.


Podemos ver seu esforço espiritual também na construção de escolas, numa época em que o estado fazia a secularização do ensino, ele dispõe escolas Católicas para a retomada da moralidade na sociedade, procurando livrar as crianças dos perigos a que estavam expostas nas ruas. Também fez parte da sua obra a construção de hospitais e até a primeira igreja do país construída com concreto armado. Para multiplicar esse trabalho pelo Brasil, funda a Ordem dos Sacramentinos e as Filhas do Imaculado Coração, com o intuito de como ele mesmo dizia: "Catolizar o Brasil para que a herdeira do trono, a princesa Isabel, pudesse consolar a dinastia". Não podemos deixar de lembrar os estragos que a Monarquia subvertida pelos poderes demoníacos da Maçonaria, já havia realizado na França e chegava ao Brasil com toda a sua força. O trabalho desse Sacerdote foi árduo, perigoso e gigantesco.


A vida Religiosa de Padre Júlio Maria é capaz de fazer estremecer o inferno e incentivar os corações dos jovens que querem se dedicar a Deus com fidelidade a Sã Doutrina.




"Ó Jesus, a quem devo inclinar a fonte e cheio de gratidão lançar-me em vossos braços, esse dom vós me concedestes, fizeste-me compreender que há uma vida mais bela, mais santa, que a vida simplesmente Cristã. Deste-me a vocação religiosa, quereis não somente que eu me salve, que entre para a vida, mas sim que eu voe, que me eleve para vós, que eu seja santo como vós sois Santo. Ó Jesus, que graça! Porque a deste a mim e a recusaste a milhares outros, escolha gratuita, sem mérito de minha parte, feito por vossa misericórdia"

Padre Júlio Maria


Padre Tarcísio (nosso fundador) e Ir. Luís (Oblato claustral) no túmulo de Pe. Júlio Maria

Segundo o Padre Fundador dos Saletianos e um irmão claustral da Fraternidade Ordem da Mãe de Deus, junto ao túmulo de padre Júlio Maria, a rezar seu Rosário e contemplar tal vida santa, ele encontrou uma inspiração em um hora, para sua vida inteira. Tal é a força que emana da vida exemplar desse vigoroso apóstolo de Cristo. Ele alcançou de forma exímia aquilo que a Santa Igreja determina e espera de seus filhos religiosos.


Padre Júlio Maria é ao mesmo tempo exemplo e inspiração para uma sociedade Católica, que precisa retomar a buscar da unidade de forma correta. A união que Deus quer de nós, não é aquela proveniente das facilidades, onde os erros e falsas religiões são admitidos como acertos e muitas almas se perdem por causa disso. Nossa união deve ser contra os erros, que desviam essas almas do caminho reto ao Céu, nossa luta deve ser única contra as heresias, as ideologias demoníacas, a imoralidade e o ódio a Deus, a Virgem Santíssima e a sua única e verdadeira Igreja. Cada pessoa, segundo seu estado de vida, deve ter em sua frente esse ideal, que é a verdade e como foi ensinado por nosso divino mestre, a verdade é Ele mesmo que se dá por nós.


"Eu sou o Caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim."
(São João Cap. XIV)

A espiritualidade apresentada por Padre Júlio Maria é a mesma apontada pelos Saletianos, fazendo ser conhecido o apelo de Nossa Senhora em La Salette, para que defendamos a Santa Igreja e guardemos a fé, principalmente quando tudo ao nosso redor esteja confuso, lutando com as armas que ela mesmo dispôs para nós, através de tantos Santos que nos ensinou sobre Ela com exímia perfeição. Busquemos retirar os cravos nas mãos e pés de Nosso Senhor com a turquesa da Verdade e da Fé, que trazemos em nosso peito e que com tanta alegria vimos que Padre Júlio Lombaerde também a trazia.


O Padre Beatificado no ano de 2014, Júlio Maria Lombaerde, faleceu às vésperas do Natal, no ano de 1944, num acidente automobilístico. Segundo as fontes históricas e testemunhas do processo de beatificação, o Padre se dirigia para fazer a Santa Missa da noite de Natal, estava chovendo e segundo essas mesmas testemunhas, o motorista era jovem e inexperiente. Em um determinado trecho da rota, o motorista perdeu o controle do carro e o mesmo veio a deslizar numa ribanceira e caiu em um rio, levando o sacerdote a óbito. Um choque terrível para os fiéis e para a Congregação. Seu velório durou do dia 25 até o dia 29 de dezembro atraindo pessoas de todos os lugares. Um golpe terrível para a Missão, em tempos difíceis no Brasil.


Velório Padre Júlio Lombaerde - 1944

Portanto, procuremos a honrar a Deus, levando a sociedade a ver a beleza do Céu, da doutrina, da santidade, desse amor gratuito que Deus nos deu e que Ele deseja que demos uns aos outros. Esse amor que podemos ver estampado nas obras de um Padre Belga, que atravessou o oceano e trouxe a visão do céu para a pequena Manhumirim.


__________________________________________________________________________________

Livros do Padre Júlio Maria:

  • O Cristo, o Papa e a Igreja;

  • O Diabo, Lutero e o Protestantismo;

  • Luz nas trevas - Erros e objeções protestantes;

  • São Gabriel, Maomé e o Islamismo;

  • O anjo da luz;

  • O segredo da verdadeira devoção;

  • Os segredos do espiritismo.


Conheça a Fraternidade e seus trabalhos:


Projeto Janua Caeli


Rádio Saletiana


Capela Privada São José

Missas Dominicais , às 08:00 horas.

Rua Varginha, nº 155, Resplendor

Igarapé - MG

Comments


bottom of page